Castração

 

    Alguns querem castrar a fêmea para que ela não suje a casa, outros querem castrar o macho para que ele não marque território e há ainda aqueles que pensam na castração como medida de prevenção para algumas doenças. Mas em todos os casos, sempre há aquela dúvida, pois há muitas verdades e mitos que envolvem este assunto, vamos citar as principais dúvidas em forma de perguntas e respostas, para você tomar a sua decisão. 

O meu cachorro vai engordar com a castração?

Não. Geralmente o cão engorda devido há hábitos do dono em dar guloseimas e alimento demais, a castração pode causar um aumento do apetite, mas se formos firmes em alimenta-lo com aquilo que realmente ele precisa, o cachorro não ficará gordo. Outra fator que deve ser avaliado, é a idade da castração, quanto mais jovem for o cachorro, antes de completar 1 ano de vida, apresentam menos sinais de aumento de apetite.

A castração é uma cirurgia complicada?

Não.  O procedimento de castração é simples e rápido e o pós-operatório também é calmo, principalmente em cães jovens. É utilizada anestesia geral, no mesmo dia o cachorro volta para casa e no dia seguinte da cirurgia ele já estará ativo e pronto para  continuar uma  vida normal.

A castração evita câncer?

Sim. Fêmeas castradas antes do primeiro cio praticamente anula a chance de desenvolver câncer de mama quando adulta. A retirada do útero também elimina a chance de problemas uterinos bastante comuns em cadelas após os 6 anos de idade, em que o tratamento é cirúrgico, com a remoção do útero.

O macho castrado perde o interesse sexual?

Não. Alguns machos castrados continuam a ter interesse por fêmeas, embora  mais reduzido do que um macho inteiro. Ele até pode cruzar com ela normalmente, sem que haja fecundação.

A castração evita que o cachorro urine por toda casa?

Sim.  Os machos demarcam o território com a urina. Se o macho for castrado antes de um ano de idade, ele não demarcará território na fase adulta. A castração em adultos, que demarcam território, pode não ser tão eficaz como em filhotes, pois já desenvolveram uma mania de sair urinando em qualquer parte.

A castração deve se feita após a primeira cria?

Não. Pelo contrário, se feita antes do primeiro cio, evita-se a chance de câncer de mama. A fêmea não tem a necessidade de ter um filhote, ela não se frustrará se castrada antes do primeiro cio.

A castração deixa o cachorro lerdo ou abobado?

Não. O que o deixa assim é se deixarmos que ele engorde, assim ele não terá disposição e se cansará com facilidade. A obesidade causa letargia e não a castração. Na fase adulta vão diminuindo a atividade conforme a idade vai chegando, mas não tem nada a ver com a castração.

Por que castrar os machos?

- Evitar fugas;

- Evitar o constrangimento de cães agarrando em nossas pernas;

- Evitar demarcação do território;

- Evitar brigas por excitação sexual;

- Evitar tumores testiculares.

 Por que castrar as fêmeas?

- Evitar acasalamentos indesejáveis

- Evitar câncer em glândulas mamárias na fase adulta;

- Evitar infecção uterina, piometra, em fêmeas adultas;

- Evitar gravidez psicológica e infecção das tetas pela produção de leite:

- Evitar cios

 

Fonte:www.blogdocachorro.com.br